nov 022013
 

Baiacu! Pirarucu! Tucunaré! Badejo! Tu-tubarão!

No episódio desta semana nos reunimos para analisarmos o filme GYO: Tokyo Fish Attack lançado em 2012! Lembrando que este filme foi a escolha de vocês ouvintes no Chorume que fizemos sobre animações. E para esta conversa sobre peixes com andadores do mal convidamos o caríssimo Wellington Macgaren do blog Clarim Diário!

Então aumente seu iPod porque mais um Podtrash está no ar!

Duração: 75’52”
Média TD1P: 3,8

ELENCO

CONVIDADO ESPECIAL

EXTRAS DESTE PODTRASH

TRILHA DESTE PODTRASH

CONTATOS DO PODTRASH
CAPA DESTE PODTRASH
Por Marcelo Damm do Quem Não Sabe Escrever Desenha!
Podtrash 166 Gyo
  • Almighty

    Hail, Marcelo Damm!!

    • GUGAMEX

      O Marcelo Damm areegaçou!!!!!

    • HEhehehehehe!!!
      Homenagem ao maior herói de todos os tempos (e ao exumador!!!)

  • Alexander Desmouceaux

    All Hail, all Hail, lordes das bizarras feras fedorentas provenientes das profundezas do mar!!!
    Venho por meio desta mensagem agradecer profundamente pelo programa Chorume animações. “Adquiri” todos os filmes e estou assistindo com carinho cada uma daquelas obras excelentes! São tantas surpresas e tantas idéias geniais, muitas das quais gostaria de ver sendo filmadas com orçamentos decentes e grandes realizadores… imaginem o confronto final de dos magos de “wizards” (1977) filmado por Tarantino?
    Sobre GYO: Tokyo Fish Attack, achei um ótimo (e extremamente tenso) filme japonês. Falo filme por que se cada frame fosse gravado com atores, o resultado seria igualmente fantástico, porém, obviamente mais caro de fazer. Sinto apenas que a animação poderia ter sido melhor se fosse em preto e branco. Muito do clima dos mangás de terror japoneses vem do fato de serem monocromáticos.
    Mas a tensão, o sangue e a violência sem pudor, o nojo e a confusão, tudo me pareceu muito bem transmitido pela história, que não mede esforços para fazer sofrer seus personagens. O autor desse mangá/anime, Junji Ito, é bastante eficiente ao usar as técnicas de escrita do H.P. Lovecraft, desenvolvendo em suas obras um clima crescente de mistério, angústia e desespero, porém, ao contrário do mestre, mostrando a ameaça, o monstro saindo das sombras , invadindo e arrasando o mundo, um acréscimo que na mão de outro autor poderia estragar tudo. Também suas explicações e justificativas para os acontecimentos são fascinantes, como o final terrível de UZUMAKI, uma bela homenagem a lógica do mundo sobrenatural do Lovecraft e Edgar Alan Poe, desvendando um pouco do enigma sem revelar tudo.
    Aliás, durante o filme todo eu fiquei evitando pisar no chão, tanto é o horror que esses peixes com pernas provocam!
    Enfim, penso que, se nós seres humanos retiramos tantos recursos do mar durante tantos séculos, talvez tenha chegado a hora dele retribuir, a hora de se vingar e pescar seu alimento em terra…
    Parabéns pelo excelente programa! Saibam que vocês são meu podcast favorito, pois tenho sempre uns 2 ou três episódios antigos no meu celular, quando ando por aí!! Aguardarei ansiosamente o episódio da semana que vem!!

    • Almighty

      Excelentes observações. Valeu, caríssimo!

  • Este anime é ótimo, Gunfree só deus nota 2 porque o coração dele já anestesiado de tanto gore, ele precisa de doses cada vez maiores pra sentir alguma emoção.
    Na seara de terror oriental uma bom ramo é o de visual novel como este http://comic.naver.com/webtoon/detail.nhn?titleId=350217&no=31&weekday=tue
    São estórias no mínimo perturbadoras, e essa como é curtinha vale uma olhada.
    Outras duas dicas que valem o tempo de quem assistir é Yami Shibai http://www.anitube.se/categories/2150/
    e Shingeki no Kyojin (Attack on Titan) http://www.anitube.se/categories/1836/
    Aproveitem.

    E o episódio do Podtrash ficou muito bom

    • Bruno gastou toda a sua felicidade ao dar 5 para filmes como Super Xuxa Contra Baixo Astral e Howard – The Duck.

    • Angry Kidy

      Shingeki no Kyojin e modinha, coisa de gay.

      • Você tem a outra opção, Yami Shibai.

        • Angry Kidy

          Parecer ser bom, esse “Yami Shibai”, as imagens são bem interessantes.

      • Coisa gay? Você assistiu para falar algo assim? É o verdadeiro gore, com certeza o Bruno iria dar nota 5, mesmo sendo anime. Diria até que é o Guerra dos Tronos, na medida que qualquer personagem pode virar suco de sangue, portanto, é melhor não se apegar a ninguém. Tem um excelente podcast sobre: http://culturalizando.com.br/podanima/2013/11/06/podanima-018-shingeki-no-kyojin/ Valeu!!!

        • Angry Kidy

          Eu só gosto de animes que os fans de animes não gostam. =D

    • Obrigado pelas indicações Ivan. Acertadas como sempre.

    • Já vi uns 2 episódios do Attack on Titan, achei bacana. Também vou conferir esse Yami Shibai.

  • Angry Kidy

    O Bruno “GAYfree” Gunter de baitolagem e má vontade com esse anime, RECEBA UMA SARAIVADA DE TENTÁCULOS HENTAIS NO CU E NA BOCA!!!

    • Bruno Gunter

      Muito obrigado. Desejo o mesmo para você meu caro. Aloha!

      • Angry Kidy

        Não tem que. ^___^

      • Angry Kidy

        de onde você tirou que tem GORE ATTACK no titulo desse filme?

        • Bruno Gunter

          Sinceramente? Não sei. Fiz esta mesma pergunta quando editei o final deste Podtrash.

          • Angry Kidy

            😛

          • De onde? É claro que foi do cu.

          • Horror!!
            Flatulências sangrentas.
            O.o

  • Já ia esquecendo, para quem ficou frustrado com o filme de Dragon Ball, assistam este filme Goemon http://youtu.be/L9w2eIvu1Fk .
    É o que Dragon Ball Evolution seria se tivesse sido bem feito.

  • Luke Hayashi

    Um dos melhores Podtrash que vcs ja fizeram!!!!

    Pro Bruno aprender a gostar de anime e manga:

    http://unotaku.com/wordpress/wp-content/uploads/2011/04/Gyo-v01-068.jpg

    • Almighty

      TETSUUUUUO!!!

    • Bruno Gunter

      Certo. Podexá.

  • Heretic

    Peixes satanicos from Hell!!!! Ouvindo agora!!!

  • george rodrigues

    nao gostei do filme que vcs falaram ele tem muita ponta solta…. mas o cast foi legal

    • As pontas soltas são todas enfiadas nos orifícios dos personagens.

    • As pontas soltas são todas enfiadas nos orifícios dos personagens.

  • Gil BOCANEGRA

    Eu daria 5 para esse filme!!!

  • Leandro Reis

    Bruno vc precisa parar de preconceito com animacoes, ainda mais as japonesas. Claro que tem muita porcaria… mas ficar comparando tudo que é japones e animado a DBZ e CDZ é puro preconceito.

    Procure por Monster, Black lagoon, Cowboy Bebop e Clannad: After Story. Acho que vc gostaria e poderia ate mudar sua opiniao.

    #Fikdik

    • scheldon

      Seria melhor indicar obras que não fossem superestimadas.

    • GUGAMEX

      Bruno assiste o Appleseed… vc vai curtir

      http://www.imdb.com/title/tt0401233/

      • Bruno Gunter

        Vou dar um confere no trailer, se me cativar darei uma chance. Valeu!

  • Denis Carvalho

    Que tal um Podtrash do Ghost in The Shell?

    • Almighty

      GitS tem mais a cara do CInecast, na minha opinião.

      • GUGAMEX

        O Akira tbm…

      • Aslanterna Verde

        Não apenas Cinecast, como Cinecast Cult… Com o Gunter e o Android todos feitos monóculo e champagne like a sir!

        • Bem bolado, bem bolado! hehehe 😀

        • Bruno Gunter

          Vou sugerir o tema por lá.

          Abraços!

  • scheldon

    Estou lacônico nos últimos tempos, então serei breve, anime de gore é genocyber e ponto final, o resto é perda de tempo pra adolescente mimado que quer pagar de cult.

    • Bruno Gunter

      Desenho animado nunca será gore. Ponto final.

      • Define gore ora gente, Guntá? E quando você diz desenho animado você fala de anime também?

        • Bruno Gunter

          A paleta de cores de um desenho animado nunca será realista o suficiente para ser gore de verdade. Por exemplo, Cavaleiros do Zodíaco tem 30.000 litros de sangue por episódio. Mas não é gore, porque JAMAIS será realista.

          • Então o gore está na cor e não na ação, segundo esse ponto de vista Carrie – A Estranha é tão Gore, ou mais, quanto Aku No Kyôten.

          • Bruno Gunter

            Na minha opinião, o Gore está no realismo. E um desenho animado jamais será realista…

          • Aqui temos um ponto.

          • Bruno Gunter

            É apenas uma opinião… Na verdade é o meu sentimento. Não consigo imaginar como real um desenho animado. Possivelmente pelo meu coração de pedra.

          • Neste momento toca a música de Titãs http://youtu.be/9spkDoGjx3Y

          • Isso é aceitável. Pode ser pesado e nojento, mas um gore em animação não impacta igual a um live action.

          • Angry Kidy

            Isso já é opinião pessoal, eu vejo um desenho infantil com rabiscos e um borrão preto, já imagino que foram esquartejados tem sangue pra todo lado, vai de cada um.

          • Aslanterna Verde

            Eu acho que qualquer obra que tenha mutilação ou deformação de corpos, vivos ou mortos, e que isso cause algum impacto, seja asco, tensão ou repulsa, tem caráter gore. O realismo pode ser importante, mas a imersão que a obra proporciona pode ter uma importância muito maior. Isso desclassifica obras superficiais como CDZ, e permitiu que no passado até o poligonal PS1-game Silent Hill tivesse mais efeito gore que filmes como Premonição, e alguns Sexta Feira 13 genéricos…

  • GUGAMEX

    O Ringo Star tem carreira solo?? Gostei da musica 😛

    O podtrash foi muito bom tambem, deu vontade de ver esse filme agora

    • Bruno Gunter

      E melhor que a do John na minha opinião. Mas a melhor é a do George.

  • Eduardo Moura

    Mais um filme que vou ver na recomedação de vocês

  • Fred More

    Otimo Podtrash, como sempre. Fui assistir o filme depois de ouvir vcs.

    Mas permitam discordar, Gyo é um filme razoável para bom, Não é extraordinário nem tão pouco assustador. Ele é curioso e apenas isso…

    O Almighty e Exumador insistiram que o filme não necessitava de explicações, mas eu acho que precisava sim… Não dá para comparar um filme de Zumbis (como vcs fizeram) com Gyo, pq ele mostra peixes flatulentos se movendo em cima de exoesqueletos. Precisamos de uma razao para isso, se não fica sem sentido, como todos os “terrir”. São legais mais absurdos demais para dar medo.

    Não me entendam mal… gostei do filme. Mas na minha opnião ele foi mais comédia do que filme de terror.

  • Digimon

    Um outro nome para esse filme deveria ser “Ataque da sonda anal”, possivelmente o Bruno iria gostar mais do filme assim.

    Eu tenho o mangá Uzumaki aqui em casa, e ele na minha fétida opinião, é muito foda. Ele fez com que eu não consiga mais olhar para espirais, caramujos, grávidas e bebês da mesma forma. Mas assim como esse filme, creio que seu conteúdo seja voltado para um nicho, aqueles que gostam do bizarro simplismente pelo bizarro. Eu acho Uzumaki bem mais bizarro que Gyo, a maneira em que vão acontecendo as bizarices são melhores contadas, e são também bem mais pesadas, vide o arco do hospital, que é muito foda! Se algum dia vocês fizerem um podtrash quadrinhos (sim, eu chamo mangás de quadrinhos, me processem), façam dessa pérola chamada Uzumaki.

    Devo dizer que me empolgava cada vez que um tubaração “caralho de perninhas” aparecia, eu achei muito foda a forma que ele “aterrorizava” a todos. A forma, relativamente brutal, em que as pessoas se transformam em grandes depósitos de gás, sem pudor algum, sem cortar nada, mostrando a fragilidade do corpo humano perante a tal ameaça, contribuindo para o clima desolador do filme, também é bem daora.

    Gostaria de recomendar outro autor, o Kazuo Umezu, que é uma figura bem “peculiar”. Os mangás que vou falar são:

    The Drifting Classroom: Uma escola é transportada para uma dimensão bizarra, e pouco a pouco, as situações vão se agravando para as crianças e brutalidades vão acontecendo (CRIANCINHAS SENDO BRUTALIZADAS POR OUTRAS CRIANCINHAS!!!), vejam:
    http://goo.gl/JCllqK
    http://goo.gl/dkcJi7

    Fourteen: Imaginem o frangolino buscando uma vingança sangrenta contra a humanidade, é preciso falar mais?
    http://goo.gl/lkMWQO

    Uma outra obra foda é o já falado por aqui, Genocyber, que reza a lenda passou na Manchete de tarde, e que o gore que faltou no Gyo, tem de sobra nesse anime.

    Saravá!

    • Genocyber realmente passou na manchete durante o bloco U.S. Manga.
      Se não me engano, ele foi o segundo ou o terceiro título transmitido pelo bloco…e cara, o negócio era hardcore. hehehe

      • Digimon

        Hahahaha, vivi muito pouco dos anos 90, deve ter passado ou antes d’eu nascer ou quando eu era muito pequeno. Sempre achei que isso lenda urbana, visto que eu só tenho como referência vagas lembranças de infância.

        • Podtrash unindo gerações… Você era muito pequeno, e eu já trabalhava, então não dava tempo de assistir U.S. Mangá.

    • Há alguns anos catei uns episódios de Genocyber pra assistir. Acabei vendo pouquíssima coisa, achei o desenvolvimento meio chato. Darei uma nova chance.

      • Digimon

        Olha, se estás a esperar grandes coisas, vá com as espectativas baixas, ele se sustenta pela violência gráfica mesmo. Mas não achei que ele é de todo ruim.

      • Digimon

        Se bem que Agora tu me deixaste na dúvida, vi genocyber já faz um bom tempo também, na época me impressionava com tudo. Nem sei se vou achar tão foda quanto achei. Mas ainda é bem capaz de rever e gostar, já que meu mal gosto é mantido até hoje (piorou até: veja só, recomendei Uzumaki e Fourteen!).

  • Horror!

    Concordo com o Bruno no que diz respeito à falta de gore no filme. Acho que os produtores ficaram receosos de colocar vísceras e sangue na tela. Até os peixes explosivos não tinham tripas. Por outro lado, eu não daria uma nota dois, daria três.

    Por vezes, o mangá, ao ser transportado para a tela, é suavizado. Um bom exemplo é Tenjho Tenge, que no mangá tem peitinhos e xoxotinhas (http://a.mpcdn.net/manga/p/1008/358266/10.jpg) e no anime não aparece um mamilo sequer, embora tenha calcinhas a toda hora.

    Nada justifica, já que Gyo é um OVA, e se pegarmos animes como Genocyber, com cinco episódios, tem olhos saltando, corpos abertos e pessoas esmagadas toda hora. Então, sei lá. Pra mim, foi falta de coragem, mesmo.

    Mesmo assim, programa excelente, e parabéns ao McGaren pela participação. Spider-Man rules!

    Abraços a todos

  • Aquaman manda!

  • Pingback: GYO: tokyo fish attack | Seu Podcast de Animação Feita para Adultos()

  • Aslanterna Verde

    Então colegas de Carminha no lixão do cinema…

    Poxa, caçando, até agora não vi nenhum ‘Anaconda’… Tem uns 4, um mais tosco que o outro… E ‘Do Fundo o Mar’, com o Modafoca Jackson Windu, com um fim tão ´pico quanto sua encarnação jedi.. Filme massa… véio! ‘Serpentes a Bordo’ então… Horror, horror..
    Poderia rolar um chorume de animais que nadam na lama o cinema trash…

    • Um Chorume sobre animais assassinos DO MAL seria uma ótima ideia! 😀

    • Bruno Gunter

      A gente ia gravar Anaconda, por incrível que apreça. Mas lembramos que o GYO precisa ser podtrashado devido ao Chorume…

      • Guarda essa pauta para um futuro programa. Esse filme merece! 😀

      • Guarda essa pauta para um futuro programa. Esse filme merece! 😀

      • Aslanterna Verde

        Mas Gyo mereceu! A animação peca no gore, mas ganha bons pontos no bizarro e escatológico… Banzai!!!

  • Fico imaginando como seria uma versão Live-action deste anime…
    Se fosse parecido com o megalovaxfoda “Dead Sushi” seria FANTAHDIGO!!!

    http://youtu.be/Ma3jia7kO3E

    Horror!

  • Thiago Graziano

    Esse Manga é muito fraco… Historia boba com um final que nao faz sentido. Se for para ler alguma coisa mais relevante leiam YKK… Terra Formers… Eden… Practice…

    • Aslanterna Verde

      Proposta diferente desses… Pássaros de Hitchcock pode não ter sentido….

  • Worse things happen at the sea!!!

  • Rafael Coelho Primo

    Srs. Podtrashers, suplico por um podtrash especial “Cinetrash” da TV Bandeirantes nos anos 90. Que tardes inesquecíveis, com muita trasheira concorrendo com a “sessão da tarde”, impensáveis nos dias de hoje!

  • Victor

    Lambari careca??? kkkkkkk a apresentação foi sensacional! mas falando desses animes trash pra caramba me fez lembrar um estranhasso chamado M.D Geist, contexto pós-apocalíptico, violento e com muito peitinho.

    • Por isso eu acho que deveriam ter falado de Ninja Scrool, esse tem gore e violência exagerada. Mas fica para uma próxima!!! ^^v

      • Almighty

        Ninja Scroll é legalzão!

      • Angry Kidy

        Vocês não merecem assistir Ninja Scroll. hereges!

        • Bruno Gunter

          Ninja Scroll é aquele joguinho do Famicom? Que o bonequinho preto pulava nas árvores e atirava estrelinhas ninja?

          Ah não. Era o Ninja Gaiden.

  • Calavera

    Onde posso assistir esse filme??? não achei pra comprar

    • Bruno Gunter

      Não foi distribuído no Brasil e não tem importadora para cá. O jeito é fazer download mesmo.

      No Piratebay e KAT tem releases prometendo boa qualidade.

    • Também dá pra ver on-line, em anitube.se

      Praticamente um YouTube de animes.

  • Pingback: Podcastando por aí | novoclarim.com.br()

  • gilmarzinho

    Caras, posso garantir que este filme não vou assistir! huahuhua
    Mas que viagem!

    Té.

  • Pingback: GYO: tokyo fish attack | Nerdópole()

  • Pingback: Podtrash – Gyo!!! | Quem não sabe escrever, desenha()