abr 202013
 

Horror! Medo! Desespero! Faisão!

Nesta semana Almighty “o Profissional de Smoking”Bruno “Gunfree” Gunter e Douglas “Exumador” Fricke convidaram Harald “Android” Stricker para conversar sobre a obra não canônica do 007, Casino Royale de 1967 que contou com um grande elenco e muita confusão de bastidores!

Então aumentem seus iPods, vistam seus smokings e ouçam o Trash, Podtrash!

Duração: 92’13”
Média TD1P: 4,75

EXTRAS DESTE PODTRASH
OUTROS FILMES DO 007 COMENTADOS

TRILHA DESTE PODTRASH

FEEDS E LINKS DO PODTRASH
CONTATOS DO PODTRASH
CAPA DESTE PODTRASH
138
  • LUNATIC

    Filme horrivel, curioso que tem um elenco excelente. Lembro que o final é o mais sem pé nem cabeça do cinema. Humor zero. 1/10 mas é possivel que mude de opinião… Baixando.

    • Bruno Gunter

      E aí, mudou de idéia?

  • Augusto Schio

    007 com o Androide no Podtrash!! FTW!!!

  • Grande Android! Gente finíssima.

  • André Farias

    Meus caros,
    Olha o Androide aí, gente!

    Ainda bem que você falaram da parte mais importante do filme: a quantidade incrível de mulheres gratíssimas presentes no filme.

    Aliás, o Wood Allen e Cia. estavam fazendo esse favor para a gente uma vez ao ano. Outros filmes igualmente tresloucados que eu consigo lembrar: “O que é que Há, Gatinha?” (http://www.imdb.com/title/tt0059903/), citado pleo Androide, e “O que Há, Tigresa?” (http://www.imdb.com/title/tt0061177/), “Bananas” (http://www.imdb.com/title/tt0066808/), “O Dorminhoco” (http://www.imdb.com/title/tt0070707/), citado pelo Douglas, e “Tudo o Que Você Sempre Quis Saber Sobre Sexo E Tinha Medo de Perguntar” (http://www.imdb.com/title/tt0068555/).

    Grande abraço!

  • Fred More

    Comentario antes da audicao.

    Esse filme é muito curioso. Em si ele é ruim e incompreeensivel mas as piadas chave sao interessantes e a baderna que o Peter Sellers causou foi enorme.

  • Daniel F. B. Costa

    Android no Podtrash? Que chic 😛

    Eu nunca vi o Casino Royale e desde que saiu o novo quis ver… agora tenho desculpa para isso rsrsrs

    Baixando o filme e episodio!

  • Heretic

    O melhor James Bond de todos! Peter Sellers!!

    Otima participacao do Android, muito divertido o programa

  • Álvaro Santos Jr.

    Ola Podtrash, estou novamente sem comentar por um bom tempo, mas tenho ouvido praticamente todos os episodios.

    Mas este aqui eu nao poderia deixar passar em branco pois fala de um dos personagens mais iconicos do cinema, o James Bond e tb tem a participacao do Android que sou fa pelos trabalhos feitos com o pessoal do Jovem Nerd.

    Mas falando do filme eu preciso confessar que nao tenho a mesma empolgacao de vcs. Acho o filme muito truncado, sem sequencialidade, sem integracao com os nucleos de atores o que tira muito da diversao. É certo que vi o filme pela segunda vez tem alguns anos ja, mas minha impressao é que ele foi terrivel. Talvez se eu assistir hj eu tenha algumas mudancas de opiniao, mas nao sei se o farei.

    Na verdade tem duas coisas que realmente gosto de verdade no filme, que vcs citaram… Primeiro os cenarios e figurinos do filme sao impecaveis. O esconderijo do Dr. Noah é algo supremo, merece levantarmos e de pé batermos palmas. Os cenarios nas cenas da escola alema de espionagem tb sao super detalhistas e dao aula de cenografia para muitos filmes ate hoje.

    O outro ponto forte do filme é a trilha sonora do Burt Bacharach que sem duvidas é uma das mais belas que ele ja fez. Mas o tema do 007 poderia ter sido parte do filme, afinal haviam sido gastos tubos de dinheiro com a producao e isso faltou. Ver filme do 007 sem o tema famoso é que nem ver Psicose sem a trilha do Bernard Herman ou o Superman sem o tema do John Williams.

    Um pensamento que tenho é que este filme poderia receber um remake com um roteiro modernizado e mais cuidadoso. O legal seria se o Sean Connery fizesse o papel do Sir. James e o proprio Daniel Craig o 007 moderno.

    E preciso registrar que adorei a participacao do Android ele combinou muito bem com os trashers de plantao. Parabens pelo episodio.

  • GUGAMEX

    Massa! Android no Podtrash falando de 007?!!?

    Esse filme eu nao vi mas ouvi que ele é mt zoado

    Baixando agora!!!

  • Sergio Aguiar

    James Bond no Podtrash \o/

    Faltou o Demetrius e o Tremyen no programa… mas a participacao do Android ficou otima 🙂

    Agora falta a era Roger Moore… Essa sim é trash 4true

    • É foda meu querido Sergio. Estou na temporada de NHL / Game of Thrones, que é um período de tempo no qual fico trancado nas masmorras de Westeros caçando inimigos de tubarões, e esses infelizes botam um programa sobre 007 no ar só pra me sacanear.

      Fica assim não, quando voltar aos microfones desse programa, hei de me vingar! 😉

    • André Farias

      Sérgio,
      Gostaria de advogar a mesma tese: “007 contra do foguete da morte” é o filme mais trash e galhofa da franquia, e deve ser podtrasheado.

      Os próprios produtores dizem isso. No making of de “007 somente para seus olhos” (http://www.imdb.com/title/tt0082398/), o filme seguinte da franquia, um deles diz que, embora fosse necessário seguir a fórmula de “Guerra nas Estrelas” em 1979, continuar na mesma linha em 1981 seria levar 007 ao ridículo. Como se a coisa toda não fosse ridícula desde 1954 (http://www.imdb.com/title/tt0310853/ e https://www.youtube.com/watch?v=ztsXWp0nj2c).

      Além disso, tem a esculhambação descarada do Brasil. O Rio é uma imensa Santa Teresa, em cujo entorno localizam-se os Sete Povos das Missões, ainda ocupados, mas não por jesuítas, mas sim por franciscanos. Além disso, o Rio Amazonas deságua aqui em Foz do Iguaçu, berço da civilização maia.

      Só o último “Velozes e Furiosos” foi tão cretino.

      Abraço!

      • Cordeiro Disléxico

        Falando em Rio de janeiro surreal e sem nexo no cinema lembrei de um que vale a pena, “Feitiço do Rio” !!

        Demi Moore de Topless em um Rio de Janeiro completamente sem noção !!! Reza a lenda que Pedro Aguinaga – outra figura mega trash – traçou a então ninfeta direto em Angra quando as filmagens acabaram…. Muito trash isso: https://www.youtube.com/watch?v=3-6RrRKi2KEhttps://www.youtube.com/watch?v=dknx4nvZOLc

        • André Farias

          Eu espero que ele tenha pego ela mesmo. É obrigação moral e ética do sujeito pegar a Demi Moore se ele tiver a mais remota possibilidade de fazê-lo!

  • Excelente!!

    O Harald podia voltar mais vezes heim? Muito boa sua participaçao!

    • Almighty

      Ele vai voltar, com certeza!

  • HORROR, CAMBADA DE FILHO DA P…….

    TRAIRAGEM!! SÓ ISSO QUE EU TENHO A DIZER A TODOS VCS!!!
    MAIS UMA VEZ O PODTRASH SE SUPERA NO QUESITO CONVIDADOS E TEMA!

    EU, COMO MEGA FÃ ASSUMIDO DE 007, MORRO DE RIR COM ESSE FILME E SEMPRE MOSTRO ESSE EXEMPLAR DE COMÉDIA PRA QUEM Ñ ACREDITA QUE EXISTAM 2 CASINOS ROYALE.

    MAS ACHEI UMA P!&$TA FALDA DE CAMARADAGEM NÃO TEREM ME CHAMADO!!!

    ABRAÇO A TODOS!

    • Bruno Gunter

      Xingue o Exumador!

  • Rafael Berah

    Gente importante e famosa no Podtrash 🙂

    Mas… Eu acho um saco os filmes do James Bond. Mas claro que vou ouvir vcs

    • Almighty

      Também não sou fã do Sr. Bond, mas este filme vale a pena ser assistido pelo bizarro.

      • Bruno Gunter

        Sim, concordo. Qualquer filme do Bond não chega aos pés deste no quesito bizarro.

  • Mariana Sousa

    Que legal, Android no Podtrash 🙂

    • Blergh

      LEGAL É O MEU LENÇOL. QUER CONHECER??

      • Bruno Gunter

        Que deselegante Sr. Blergh.

  • Cordeiro Disléxico

    Podcast de altíssimo nível !!!!!!!!!!!

    Ainda vou baixar e escutar mas já gostei, adoro essa fase do cinema, Peter Sellers, trilha sonora, o tipo de humor, tudo !!! Grande sacada !!

  • Cordeiro Disléxico

    Muito legal, excelente episódio do Podtrash!!!

    Seguindo a linha deste tipo de comédia anos 60, pisicodelia, piração total – humor LSD, fundo musical “easy-listening” que considero com principal integrante o grande Petter Sellers. Galhofa de alto nivel !!!

    Sempre grandes compositores – Blake Edwards usou o igualmente gênio Henry Mancini desde do clássico filme “The Party” – Burt Bacharach compositor marca Casino Royale da mesma forma.

    Um “Convidado bem Trapalhão”, indicadíssmo: https://www.youtube.com/watch?v=qFPqm_PTwHs
    SERGIO MENDES & BRASIL’66- THE LOOK OF LOVE: http://www.youtube.com/watch?v=Ua-TfUU3R6I
    Diana Krall – Look Of Love: http://www.youtube.com/watch?v=it1NaXrIN9I
    The Monkees – seriado: http://www.youtube.com/watch?v=Pdi0EXLS2t4
    Herb Alpert & the Tijuana Brass A Taste of Honey Video: http://www.youtube.com/watch?v=z_KDPUTyDyQ

    David Diven,cena clássica, um cara passa pelado na cerimonia do Oscar: http://www.youtube.com/watch?v=o3I3bNlK2_k

    • Cordeiro Disléxico

      Concertando, David Niven e não “Diven” em cena clássica, um cara passa pelado na cerimonia do Oscar: http://www.youtube.com/watch?v=o3I3bNlK2_k

    • André Farias

      Nossa, esqueci de “Um convidado…” no meu comentário acima!

      Ainda bem que temos o Cordeiro, pois só os gênios enxergam o óbvio.

    • André Farias

      Cordeiro,
      Essa versão de “The look of love” da Diana Krall é muito boa! A primeira vez que ouvi essa música foi na “Prenda-me se for capaz”, que é de 2002, e eu tinha dez anos.

      Depois da cena com a Jennifer Garner e essa música (https://www.youtube.com/watch?v=31lZFoSS-VQ), qualquer chance de eu me tornar homossexual se foi…

      Abraço!

      • Cordeiro Disléxico

        Kkkk boa, com crtz com essa cena fica difícil mudar de lado !!

        O que eu realmente curto qd falo em musica/trilha seria desse tipo de estética meio “kitsch” que ela traz, se olharmos bem Burt Bacharach tem tudo isso, é o maior representante desse tipo de canção.

        Sempre servindo de fundo para uma piração porra louca !!!

        Mesmo quando faz algo mais “pop” sem essa tintura “easy-listening” como em Butch Cassidy and the Sundance Kid fica claro o que disse acima, tudo bonitinho e “arrumadinho” com clima sempre positivo, só que faz isso tão bem que consegue 300% sincero, fica difícil alguém compor com esse tipo de música sem o devido estilo sem soar falso, chato ou cafona.

        Falando do The Party, essa cena creio que exemplifica bem, a dança, as bolhas, espuma, a música, o Slow motion do casal, a cor do pijama do Peter Sellers, e etc — verdadeira síntese desse clima, cena histórica: http://www.youtube.com/watch?v=ymTrEVVhJKM

        • Cordeiro Disléxico

          E pra naõ perder a viagem,

          Mesmo sendo super chique e um clássico eterno creio que vale a pena mostrar acena emblemática de Breakfast at Tiffany’s – Bonequinha de Luxo – de Audrey Hepburn cantando Moon River de Henry Mancini: http://www.youtube.com/watch?v=BOByH_iOn88

          • André Farias

            Cordeiro,
            O Burt Bacharach é realmente um monstro. “Raindrops Keep Fallin’ on My Head” seria piegas se não tivesse saído das mãos dele. A música traduz perfeitamente a sensação de se pegar um trem bom daqueles: https://www.youtube.com/watch?v=VILWkqlQLWk. Segue a ficha no IMDB da Katharine Ross, para ninguém me desmentir: http://www.imdb.com/name/nm0001684/.

            E o “Bonequinha de luxo”, até porque foi dirigido pelo Blake Edwards, também tem sua cena inacreditável de festa maluca: https://www.youtube.com/watch?v=2nnTSePPCVk.

            Abraço!

            P.S.: o David Letterman disse que a internet foi criada para pudéssemos ver uns aos outros nus. Eu estou começando a achar que, na verdade, a internet foi feita para nós frequentarmos o Youtube…

          • André Farias

            Esqueci de dizer que a Audrey é minha atriz favorita. E essa ceno do “Moon River” me enternece particularmente.

            Audrey Hepburn, Jennifer Garner, Katherine Ross… Está vendo um padrão aqui, ou não?

          • André Farias

            Aliás, a Katherine Ross, juntamente com Anne Bancroft, são as criaturas que torturam o coração da gente em “A primeira noite de um homem”.

            Sobre a Anne Bancroft, só quero deixar o vídeo dela recebendo o Oscar de melhor atriz pela Elizabeth Taylor: https://www.youtube.com/watch?v=SxddqJFbaJ8. Percebam a mordidinha nos lábios durante o intervalo 2:07 a 2:10. É ou não de enfartar a turma?

      • Cordeiro Disléxico

        Blz André !!

        Blake Edwards é o mestre para este tipo de filme, não tem anda parecido mesmo. Lógico que a proposta com a Audrey Hepburn é uma coisa bem mais soft porem a característica permanece lá, da pra ver a assinatura na hora 🙂 !!!!!!!

        • André Farias

          Cordeiro,
          Tem um livro chamado “Quinta Avenida, 5 da manhã” (resenhas: http://cinefilapornatureza.com.br/2011/12/21/lendo-quinta-avenida-5-da-manha/ e http://www.revistainterludio.com.br/?p=1895), escrito por Sam Wasson, que propõe uma tese interessante: “Bonequinha de Luxo” é o primeiro filme de Hollywood verdadeiramente centrado na protagonista feminina. Antes, segundo o autor, mesmo quando protagonizados por uma mulher, as tramas dos filmes estavam condicionadas às motivações das personagens masculinas.

          O autor cita muito a Doris Day (se me lembro bem, ele cita textualmente coisas como “Confidências à meia-noite” – http://www.imdb.com/title/tt0053172/ – e “Ama-me ou esquece-me” – http://www.imdb.com/title/tt0048317/) mas mesmo filmes fodas, que o Martin Scorsese analisa no “A Personal Journey with Martin Scorsese Through American Movies” (http://www.imdb.com/title/tt0112120/), como “Tudo o que o Céu permite” (http://www.imdb.com/title/tt0047811/), padecem do mesmo problema.

          Ou seja, segundo esse cara, apesar de manter a tradicional leveza que caracteriza os filmes da Audrey, ele pode ser mais “subversivo” do que se imagina.

          Abraço!

          André

          • Cordeiro Disléxico

            Muito bom André !!!

            Vou procurar esse livro !! Sutil e bem interessante o tema, com certeza tem muita informação interessante !

            Lembrei do grande Roberto Faria com havia já havia citado outro filme – “Roberto Carlos e o diamante cor de rosa” – do grande Roberto Faria e lembrei de e mais um – o “Toda Donzela Tem um Pai que É uma Fera” .

            Nesse filme tem várias sequências interessantes- super comportadas e com aquela cara “bem feita” – como nessa luta de judô.. super legal !!!

            Roberto Farias é um cara subestimado, criou grandes filmes e hoje amarga estar parado com ja disse em entrevistas sem patrocínio.. triste. Fez muita coisa boa, até no documentário “O Fabuloso Fittipaldi” em que além de grandes imagens e a elegância de sempre usou a trilha sonora com maestria usando um grupo que no ano seguinte seria batizado e ficaria mundialmente conhecido com azymuth !!

          • Cordeiro Disléxico

            Opa !!!

            O Link da cena do filme aqui – ” Toda Donzela Tem um Pai que É uma Fera”: https://www.youtube.com/watch?v=Y23rys5LV-E

          • André Farias

            Cordeiro,
            Segue o link para o livro na Estante Virtual: http://www.estantevirtual.com.br/q/sam-wasson-quinta-avenida-5-da-manha. Outro dia, comprei um exemplar da obra por 18 reais, incluindo o frete. Na livraria, estavam pedindo 45 paus…

            Sobre o Roberto Farias gostaria de dizer que cultura no Brasil é isso aí: o sujeito dirige “O Assalto ao Trem Pagador” e “Pra frente, Brasil” e fica jogado às moscas. Já o diretor da série “De pernas pro ar” é tratado como Rei Midas: http://cinema.uol.com.br/noticias/redacao/2013/02/22/novo-midas-do-cinema-nacional-santucci-diz-de-pernas-pro-ar-foi-um-ato-de-desespero.htm.

            Abraço!

            André

    • André Farias

      O álcool realmente destrói as nossas sinapses: eu tinha quatorze, e não dez anos, em 2002…

      • Cordeiro Disléxico

        KKkkkk

  • Cordeiro Disléxico

    Acrescentando, Roberto Carlos e o diamante cor de rosa : http://www.youtube.com/watch?v=QpKBYBWgrrM

    Não podia faltar !!!!

    • LUIS CARLOS

      Bem lembrado.

  • Terrrível! Às vezes eu acho que vocês são quase bons demais pros seus filmes . Mas daí eu acho o contrário, hehehe!
    Tuelve milhon dollars pra esse filme é quase tão impressionante quanto o inglês do Exumador!

    Mas não é por isso que eu escrevo.
    Na real, foi meio que uma idéia que eu tive, que, se alguém já deu ou já comentou, fazeroquê, né?
    Seguinte: Que tal vocês, algum dia, fazerem um podcast especial “trilha de comentário”? Tipo aquelas trilhas de comentário que vêm em dvd, o diretor falando: “ah, nessa cena o azul foi utilizado pra enfatizar a berinjela assassina?” Então. No tempo do filme, vocês vão soltando os seus comentários. Daí o ouvinte dá play no áudio de vocês junto com o play do filme e, por exemplo, início da cena e o exumador comenta: “repara na quantidade de faisões que aparecem nessa cena”, ou então numa cena tensa, vira o tremyen e fala, “aprendam sobre direção de atores, agora… olha lá, medo, Horror, Desespero!” Tipo um Mistery Science Theater3000, só que com o Padrão de trasheira Podtrash, né?

    Seria um podcast na duração do filme, mas vocês não teriam que falar o tempo inteiro. Podiam até jogar umas músicas escrotas num momento tenso.

    Mas, enfim, mandem ver!

    P.S.: Chorume é o Trashbattle chapa branca, eu quero ver sangue!!!

    • Muito bem sacada essa sugestão de Marcelo Damm, boa mesmo, já fiz isso em alguns episódios do Podtrash, que não foram editados com essa intenção, e mesmo assim é muito divertido, parece que estamos assistindo o filme com a galera, anarquizando a trasheira.
      Torço para que eles aceitem sua sugestão, Marcelo.

    • Almighty

      Olha, Marcelo, eu já pensei nessa ideia pro Podtrash. O Piratacast fez isso com um episódio de Lost (já faz um tempinho). Só não sei se a galera iria gostar. Se mais ouvintes se interessarem por esse formato, acho que dá pra fazer sim.

      • Então, meu bom Almighty, como o próprio Ivan falou, álcool me diz que a galera vai gostar…
        Mas, sério, acho que no podtrash funcionaria melhor que em qualquer coisa sobre lost. Até porque tem uma parada: não raras vezes o filme que vocês abordam ninguém viu e muitas vezes se sente instigado a ver depois de ouvir o podtrash. Seria um incentivo a mais. Eu mesmo já fiz como o Ivan disse, botei o podtrash pra tocar enquanto assistia “A Boy and his dog”. Épico.
        Poderia ser um episódio especial de fim de ano, sei lá.
        Mais alguém curte a idéia?

        Abraço,
        Damm

        • Eu curto a ideia, mas isso vai ser um trabalho épico para super-gunfree. Talvez o MANNNNNNNNNNNNNNNNNSO possa ajudar, quem sabe?

          Alem disso, não sei como isso seria em matéria de direitos autorais… mas fikadika. 😉

        • Bruno Gunter

          Damm, eu curto a idéia e já discutimos algo parecido, como o Almighty disse.

          Ma sno momento estamos sem um editor de video com tempo hábil para tocar a idéia. Eu até edito videos, mas meu tempo livre é do Podtrash (sem contar que não tenho a habilidade do Manso).

          E infelizmente o Manso está dominando o mundo neste momento e não tem tempo sobrando agora… No entanto que ele não tem conseguido gravar o Podcast.

          Mas certamente queremos fazer atrações em video. O Lado B quando surgiu nos início era para ser nosso Feedback, mas com nossas carunchas aparecendo.

          Talvez com o Hangout ele seja possível, veremos a partir da temporada 4 do Podtrash.

          Abraços!

    • Cordeiro Disléxico

      Ótima sacada !!!!!! Sugestão excelente !

  • Destravaram o botão do Andróide, edição Harald sem censura.
    🙂

    • André Farias

      Ivan,
      Como assim “destravaram o botão”? É o trote do Podtrash?

      • Rapaããaazzz!!! Ratinhonhonho!

    • André Farias

      Agora o Androide tem que se pronunciar! Eu não tenho negócio de Twitter e não sei qual a conta dele no Facebook, mas acho melhor algum pedir para ele passar essa história a limpo.

      • Android

        André,

        Você me conjurou.

        O que deseja saber?

        • André Farias

          Android,
          Em primeiro lugar, devo dizer que é uma satisfação poder me comunicar com você. Em 2010, quando descobri o universo dos podcasts, ouvi o Nerdcast sobre Asimov e fiquei em estado de choque. Você foi um dos culpados por eu ter eliminado meus preconceitos em relação à ficção científica.

          Mas vamos ao que interessa: o Ivan, mal elemento, a mente maligna por trás do episódio do Podtrash sobre Crespúsculo, disse que “destravam o botão do Andróide (sic)”.

          Sendo assim, gostaria de saber se os integrantes do Podtrash aplicam algum tipo de trote nos novos participantes da horda ou se o Ivan só está novamente exercendo seu papel de agente do caos e cavaleiro do apocalipse, colocando em maus lençóis o botão alheio.

          Grande abraço!

          André

          P.S.: me desculpe pelos seguidos “Androides” pelos quais me referia a você.

          • Android

            Ah! Fico muito contente que tenha se interessado pela boa ficção-científica, André! Sei que Isaac Asimov não é um prosador de qualidade genial, mas ele contava histórias bem legais, divertidas e, por que não?, filosóficas!

            Para esta gravação do Podtrash, desativei meu programa de auto-censura. Muitos palavrões e comentários obscenos puderam escapar de minha mente e alcançar a boca.

            O lugar permite, entende?

            E não precisei dar meu botão para ninguém! Gosto do Podtrash já há alguns meses. Foi muito divertido participar!

            Um amplexo!

          • André Farias

            Android,
            O Asimov é um escritor genial porque ele usava suas habilidades para abrir portas para a imaginação. Acho que ele fez pela física e para a humanidade tanto quanto o outro Isaac, o da maçã roubada pelo Steve Jobs, e Einstein. A série Fundação discute tantas coisas importantes que qualquer questão de estilo torna-se absolutamente irrelevante.

            Eu particularmente não gostava de ficção científica porque minha infância se passou nos anos 90 e 2000, e tudo que me chegava às mãos e olhos não era mais que estelionato. Só fui assistir e ler “Battlestar Galactica”, “2001”, “2010”, “Solaris”, “Stalker”, “Blade Runner”, “On the silver globe”, “Fahrenheit 451”, “Alphaville” etc muito recentemente.

            E que bom que os seus botões mais sensíveis saíram incólumes do programa! Achei que tinha sido um ato falho do sistema de recalque do Ivan quando ele fez essa sugestão…

            E venha mais vezes, por favor! É difícil achar pessoas ponderadas hoje em dia. Principalmente daqui de Curitiba, onde o pior das imbecilidade paulistanas está se tornando cada vez mais corriqueiro.

            Grande abraço!

            André

          • Pois é, André, assim como “Às vezes um charuto é apenas um charuto” outras vezes um botão é só um botão.

          • André Farias

            Ivan,
            É que eu, como cultor da justiça universal, não poderia deixar passar essa. Afinal, era o brioco alheio que estava em jogo.

            Abraço!

            André

        • André Farias

          Android,
          Esqueci de dizer que, se você achou fraco o “Hitchcock”, talvez goste do “The Girl” (http://www.imdb.com/title/tt2132485/), produção conjunta da BBC com a HBO sobre os bastidores de “Os pássaros”, particularmente centrada na obsessão do diretor inglês pela Tippi Hedren.

          Uma crítica muito interessante: http://50anosdefilmes.com.br/2013/a-garota-the-girl/.

          Abraço!

    • André Farias

      Ivan,
      E tem mais um negócio: se o Android confirmar que existe teste do sofá para poder participar do programa, você sofreu antes dele…

  • Tiago

    Medo!!!!

  • Salve, caríssimos.

    Só tinha assistido este filme uma vez, ainda criança. Revi agora, depois de ouvir o programa, que por sinal ficou show de bola.

    Lembrando da cena final, tenho certeza que o Mel Brooks teve uma participaçãozinha ali, só não foi creditado.

    Aproveito também para lembrar que o Brasil tem o seu David Niven, que é Jorge Loredo, mais conhecido pelo personagem Zé Bonitinho.

    Em 1967, mesmo ano de Casino Royale, ele participou de um filme chamado “A Espiã que Entrou em Fria”, onde faz um Agente secreto. Pelo elenco, esse filme pode ser comparado ao inglês, já que conta com (além do Jorge Loredo) Agildo Ribeiro, Dedé Santana, Jece Valadão, Oscarito, Ivon Cury, Cyl Farney, entre outros, e Carmem Verônica (vedete) como Jane Bond.

    http://www.imdb.com/title/tt0140994/

    Aqui, inteiro, no Youtube:
    https://www.youtube.com/watch?v=06ZhSXyEoPc

    • André Farias

      Edson,
      Grande recomendação! Não é um produção da Atlântida (é da Cinedistri), mas contém todos os elementos das chanchadas mais clássicas.

      Eu acho que aquela turma tem um filme sobre qualquer coisa que estava em voga na época. Tenho que linkar o “Assim era a Atlântia” (http://www.imdb.com/title/tt0190982/), do grande Carlos Manga: https://www.youtube.com/watch?v=PkRqUPpc5tY.

      Grande abraço!

      André

    • Porra Edson! Muito foda seu comentário! Esse filme é muito bom mesmo! Valeu pela lembrança! 😉

    • Cordeiro Disléxico

      Muito legal !!!!!!!!!

  • Diego Moura

    O unico filme bom do James Bond dom o Android do Nerdcast! Ladies and Gentleman… que maravilha!!

  • É interessante citar que os primeiros filmes do “reboot” do 007, com o Cassino Royale de 2006 é que naquele filme ele ainda não era o 007 que iria se tornar. Vale ver a evolução do Daniel Craig – que não é o macho do Manel – nos dois filmes seguintes, onde no Skyfall – aquele que o vilão é o Clodovil – o 007 que conhecemos começa a ser apresentado nas diversas referências que o filme apresenta ao passado do personagem.

    Por isso que eu gosto tanto do Reboot. 😉

    • Blergh

      QUE PAPO MARICA.
      QUEM TE COMEU PARA SER TEU MACHO? O MARIO OU O JOAO?

      • Mario e joão só comem cú de adivinhão! HAHAHAHAHAHA

  • Cordeiro Disléxico

    Bom pessoal,

    Como esse é um tema que curto muito, selecionei mais duas sugestões que podem interessar:

    Uma meio obscura, um filme Mexicano chamado “5 de Chocolate y 1 de Fresa” de 1967. Se tirarmos todos os erros e dificuldades técnicas o filme é uma espécie de Buñuel-aguado-kitsch com forte influencia mexicana óbvio 🙁 .

    Estrelado por Angélica Maria, a namoradinha do México dos anos sessenta – uma mistura de Dóris Day e Wanderleia mexicana. Nascida em New Orleans nos EUA, fez sucesso no México cantando e atuando – ficou por lá.

    EM partes: https://www.youtube.com/user/marazul86/videos?query=5+de+Chocolate+y+1+de+Fresa+

    Outro seria a Graphic novel do anti-herói Casanova Quinn – que é desenhado pelo brasileiro Gabriel Bá – coisa muito fina com aquele ar meio Bond muito psicodélico no visual, tudo com bastante nonsense e muitas referencias estéticas com a cara dos filmes já citados aqui.

    Pinta de roqueiro e cheio de marra vale muito a leitura: http://fc06.deviantart.net/fs70/f/2011/005/f/d/dsc_casanova_quinn_by_busasami-d36hrya.jpghttp://goodcomics.comicbookresources.com/wp-content/uploads/2009/09/casanova6.jpghttp://www.strangehorizons.com/2008/20080128/casanova3.jpg

    No extra.com.br por R$29,28 ou 2X de R$ 14,64 – capa dura !! Paguei o dobro na época !!

  • Scheldon

    O maior mérito do filme foi começar a cinemitologia do 007 que serviu de inspiração para a trilha de abertura do MGS3: snake eater
    http://m.youtube.com/watch?v=_CbFAZ2ztlE

  • Felipe Rosa

    Ainda não terminei de ouvir este PodTrash, que a proposito está divertidíssimo, e a participação do Harald foi um surpresa e tanto. Mas tive de dar uma pausa só para falar que a trilha esta sacanagem. Como já disse, a conversa de vocês está genial e o assunto é supimpa, mas se este episódio fosse uma playlist com estas músicas já seria fantástico por si só. Realmente vocês estão de parabéns.

    Ps: Por mais idiota que isso possa parecer, estou batendo palmas neste instante, ao som de Be True To Yourself de Burt Bacharach. Genial! Genial!

  • Cordeiro Disléxico

    Outro exemplo muito legal desse estilo “easy-listening” agora por outro mestre, Ennio Morricone em momento meio Burt Bacharach meio Jobiniano : http://www.youtube.com/watch?v=dsN3QoYh7dA

    Muito boa !!!

  • Fernando

    Campanha pro Andróide ser participante fixo do TD1P!!!!

  • Tetesto 007, mas ouvindo com o S2 aberto. Não consigo conceber: o Harald Stricker no podtrash. Fenfafional!!!!!

  • Barreto

    Espetacular, só posso dizer isso!! Andoid e Podtrash juntos falando de 007!!!

  • Pedro Costa

    Mt massa!!! Harald Android no Podtrash!!!!

  • Carlos Ré

    Tem pouco tempo que escuto o Podtrash e adorei o humor dos irmãos apresentadores e convidados. Mas este episódio me fez querer comentar porque é o único filme do 007 que gosto!!

    E parabéns pela chamada do Android super acertada 🙂

  • Yuri

    Gostei deste podcast

  • Gil BOCANEGRA

    Android no Podtrash \o/

  • Pingback: Podtrash – Lado B, o Retorno!()

  • Reginaldo

    que tal agora chamar o fabio iabu e o android dde novo pra falar do Independenccia o mortos?

  • Pingback: Podtrash 167 – Hudson Hawk, o Falcão está a solta()

  • Pingback: GC 73 | Indicando Coisas 2 - Grande Coisa()